supported by
/
  • Streaming + Download

    Includes unlimited streaming via the free Bandcamp app, plus high-quality download in MP3, FLAC and more.

      £3 GBP  or more

     

1.
2.
04:05
3.
02:12
4.
5.
6.

about

Um disco de sambas e sonhos. Ou de sonhos com samba no pé. Um disco de sambas sonhados. Por poetas, mulheres e amantes animados. Músicos, profetas, derrotados, aspirantes. Heróis ou céticos, ritmistas dançantes. Pela Lapa, Tijuca, Copacabana, Londres.

Inspirou-se em Drummond e evocou-se São Francisco Xavier. Mendigos ganharam voz, e mulheres deram o troco. No fim, cantam os compositores, juntam-se os amigos, choram-se lado a lado as saudades humanas. Por que, no fundo, acreditamos, por menores que sejamos, por mais mundanas que sejam as dores, ainda seremos sempre grandes, sempre grandes sonhadores.

credits

released May 27, 2014

Produzido por: Rafael Gryner e Leandro Jardim

Músicos convidados

Bateria: Thiago Kobe
Baixo: Sergio Castanheira
Violão e Bandolim: Mauricio Massunaga
Cavaquinho: Pedro Monteiro
Teclados: Rodrigo de Marsillac
Guitarra: André Siqueira
Pandeiro: Netinho Albuquerque
Percussão: Thiaguinho de Castro e Luiz Augusto Guimarães
Coro (em "São Francisco Xavier"): Diogo Cadaval, Matheus von Krüger, Eliza Lacerda, Clara Valente e Guilherme Gautreaux.
Violão (em "São Francisco Xavier"): Diogo Cadaval.
Vocal: Leandro Jardim

Todas as composições são de Leandro Jardim e Rafael Gryner, com exceção de "São Francisco Xavier", de Leandro Jardim, Rafael Gryner, Lysia Leal e Diogo Cadaval; e "Pra onde quer que eu vá", de Leandro Jardim, Rafael Gryner e Clara Valente.

Gravado nos estúdios: Tenda da Raposa e Irirarte, por Rafael Gryner, Carlos Fuchs e Rodolfo Irirarte.

Arranjos e mixagem: Rafael Gryner

Masterização: Denis Blackham, Skye Mastering.

Capa: Tatiana Podlubny

tags

license

all rights reserved

about

Jardim & Gryner Rio De Janeiro, Brazil

contact / help

Contact Jardim & Gryner

Streaming and
Download help

Track Name: Fome Ao Meu Lado
Fome ao meu lado
(Rafael Gryner / Leandro Jardim)

Menina eu to cansado dessa calçada tão só
Do frio que corre a Lapa
E rasga meu peito sem dó
Do medo cravado no meu coração
De nunca ter ninguém para dividir o meu calçadão

E eu nem posso fazer
Promessa para Santo Antônio meu Senhor
Já passo frio, já passo fome
O sacrifício é o meu motor

Nas ruas sou ignorado
Mas dor de amor não dá
Então vem passar fome ao meu lado

Mas eu
Que tanto te vejo passar por aqui
Não sei o que vai te satisfazer, meu bem
Se é “brioche” o que você quer
Não posso te servir
Mas minhas humildes migalhas
Vão te fazer sorrir

Menina já to calando por tanto tempo esse amor
Que chega no seu caminho
E me causa tanta dor
Do jeito que passa no meu calçadão
Faz parecer que tá pisando é no meu coração

E eu nem posso dizer
Que encaixo nos sonhos dela meu Senhor
A moça é chique, toda bacana
E traz o nome do avô
O meu medo é ser humilhado
Mas calar o amor não dá
Então vem passar fome ao meu lado
Track Name: Pó

(Rafael Gryner / Leandro Jardim)


já que todo cimento é pó
e se todo lamento é dó ré mi
de uma ruína do que eu fiz
ao ver desaparecer
eu sei, nem tudo perdi
de tudo sempre fica um pouco em mim

Sai
levantando poeira, vai
procurando maneira
de implodir aquilo que já não quer mais
e sente o peso que resta no ar
de tudo um pouco ficará

das brigas, canções de amor
das festas, como organizar
e tantas lições que mudaram
o meu jeito de errar

e aí nesse peito blasé
que marcas sutis eu deixei
me diz quem é você
quero saber por onde andei
Track Name: O Sonhador
O sonhador
(Rafael Gryner / Leandro Jardim)

eu tentei
fazer alguns versos pra dar
mas quem não gostou
foi o marido dela
que é professor de judô
e não pegou o espírito
pois não tinha nem um pingo
de lirismo nem de pena do meu nariz

sem sofrer
embriagado de amor
eu fui pra Vila num samba
resolvi cantar
mas só quem não vaiou
foi um alegre rapaz
que veio sugerir o e-mail
pra pedir um pouco mais

cansei
de ser figurante da história
eu quero fama, eu quero a glória
eu quero entrar na memória de alguém
e ficar guardado
acenando um sorriso de lado
ao ser reconhecido nas calçadas
vão dizer 'ele é tão natural'

eu não vou
disputar por um amor
sobrarão declarações
a dor só virá das decisões

e eu vou
despistar cinegrafista
virar capa de revista
entrevista nos jornais
Track Name: Canções Para Esquecer
Canções para esquecer
(Rafael Gryner / Leandro Jardim)

se nós vivemos o prazer
de ter canções para esquecer
você de longe ainda é motivo
de um verso meio sofrido que vem

também,
saudade é coisa que faz bem
e a dor matéria do compositor

e eu sou feliz de ter
alguém para sofrer

na hora que uma lágrima quiser correr
memória vem me socorrer
me lembrar
pois hoje eu vou deixar passar
pois hoje eu vou deixar passar
pois hoje eu vou deixar passar
Track Name: Pra Onde Quer Que Eu Vá
Pra onde quer que eu vá
(Rafael Gryner / Leandro Jardim / Clara Valente)

E se eu disser que só vou passear
Vai perguntar pra onde eu quero ir
Se não respondo você vai achar
Que eu apronto por aí

E se eu disser, então, que é para um bar
Que as minhas amigas hoje vão sair
Você quer mais detalhes pra dizer seu posso ir
Você não é meu dono, não lhe cabe decidir

Eu vou pra rua, eu vou pra noite
Prum boteco ou para um samba
Eu vou para onde quer que eu vá

E nem me venha procurar no celular, vou desligar
E não vou nem ligar

Pego carona, peço um copo, ouço flores
Me pega pra dançar um par
Não espera no relógio
Mas eu juro eu vou voltar
Track Name: São Francisco Xavier
São Francisco Xavier
(Rafael Gryner / Leandro Jardim / Diogo Cadaval / Lysia Leal)

São Francisco Xavier
onde está minha mulher
eu não aguento essas malucas, Xavier
do meu bairro da Tijuca

cansei de buscar pela beira-mar
não a deixe sair daqui

do Andaraí, te juro
vou andar aí, Tijuca

lá na Vila a vida é triste
sem a Isabel
não sei porque
ela fugiu de mim